Breve história da IEPP

iepp_logo


IGREJA EVANGÉLICA PRESBITERIANA DE PORTUGAL

Igreja sinodal constituída, em 1947, a partir das congregações presbiterianas e congregacionais então existentes e com origem no século XIX com apoio da Junta Presbiteriana de Cooperação em Portugal (JPCP) com sede em Nova Iorque e delegação em Lisboa, constituída por pastores norte-americanos e brasileiros. A JPCP iniciou, em 1946, esforços tendentes à organização de uma Igreja Presbiteriana de âmbito nacional, à incorporação nesta de várias comunidades congregacionalistas e à instalação de um Seminário (que começou a funcionar em Carcavelos, Cascais, em 1949).

Em Maio de 1947 foram reconhecidos oficialmente os Estatutos da Igreja Evangélica Presbiteriana de Portugal (IEPP), que passou a integrar todas as congregações presbiterianas do continente e ilhas e as comunidades congregacionalistas que se lhe juntaram. Para este trabalho organizador muito contribuiu o Dr. Michael P. Testa (1912-81), norte-americano enviado a Portugal entre 1948 e 1963 pela JPCP; sob sua orientação, realizou-se, em Outubro de 1952, o primeiro Sínodo nacional da IEPP.

Desde meados dos anos sessenta, ficaram, pela primeira vez e até hoje, à frente do governo colegial da IEPP os pastores portugueses. No princípio dos anos setenta, foi inaugurado, na Figueira da Foz, o Centro Ecuménico Reconciliação (orientado para atividades de estudo e encontros) e um centro social. A IEPP tem atualmente várias congregações distribuídas pelos distritos de Lisboa, Setúbal, Santarém, Beja, Coimbra, Bragança e Ponta Delgada.

Em 1971, a IEPP foi uma das fundadoras do Conselho Português de Igrejas Cristãs (COPIC).